Os British Shorthair em 28 lições


Tanto os filhotes Scottish Fold como os British Shorthair são gatinhos especiais! Conheça aqui um pouco mais dos British Shorthair.

O British Shorthair é uma raça de gato que teve sua origem na Inglaterra, provavelmente um dos primeiros, uma das raças mais antigas. Essa raça teve origem de gatos domésticos que foram levados para combater uma grande infestação de ratos. Cada povoado foi obrigado a ter pelo menos um gato. Apenas em 1871 sua raça começou a ser separada e suas características definidas. Mais tarde, foram cruzados com gatos persas para melhorar a espessura da pelagem e com Chartreux. Seu olhar meigo e carinhoso fez com que a raça tomasse conta de vários lares pelo mundo.

1 >> É um ótimo companheiro;
2 >> O British Shorthair é um pouco tímido e recatado;
3 >> É muito afetuoso com os familiares;
4 >> É um gato muito forte e belo;
5 >> Não é muito ágil;
6 >> Tem uma cabeça bem redonda que dá essa cara de “sou fofo” passada pelo gato e o queixo é bem desenvolvido;
7 >> Lindos olhos grandes, redondos e sempre bem abertos;
8 >> Pelagem curta e muito densa;
9 >> Tamanho médio;
10 >> São muito inteligentes;
11 >> Adora brincar com seu dono e com outros animais da casa;
12 >> Não precisa de escovação com freqüência, mas as escovações esporádicas são bem aceitas por eles. É bom fazê-las de quinze em quinze dias;
13 >> Mia pouco. É mais calado e quando mia o som é baixo;
14 >> Adapta-se bem a outros animais da casa;
15 >> Os machos têm feição mais delicada e podem estranhar pessoas que não são de sua convivência. As fêmeas costumam ser mais receptivas;
16 >> O desenvolvimento é lento podendo crescer e encorpar até 5 anos de idade;
17 >> As orelhas são de tamanho médio e arredondadas nas pontas;
18 >> As patas são grandes e sua cauda é curta e grossa;
19 >> Vivem bastante. De 15 a 20 anos;
20 >> Um filhote desse animal pode variar de R$ 1500, 00 a até R$ 4000,00 atualmente;
21 >> O peso médio é de 4kg a 8kg;
22 >> A cor mais popular é a azul mas são aceitas cores como preto, branco, vermelho, creme, chocolate, canela, lilás, bem como colourpoint malhado, shadded em prata e ouro e padrões bicolor;
23 >> Como todos os gatos, os British Shorthair também precisam ser vacinados a partir de um mês de idade de acordo com o protocolo médico veterinário. Só assim estarão protegidos das viroses;
24 >> Eles precisam tomar vermífugos com freqüência como os demais gatos;
25 >> Como o número de gatos abandonados é enorme no país, a castração é indicada em machos e fêmeas;
26 >> A ração deve ser adequada. Até 14 meses o British Shorthair deve receber ração para gatos filhotes e a partir dessa idade para gatos adultos. A ração precisa ser de boa qualidade para que o animal mantenha-se bonito e saudável;
27 >> A caixinha de areia deve estar sempre muito limpa e em local de fácil acesso para que o animal possa usá-la;
28 >> Brinquedos e muitas brincadeiras com o dono e com toda família são aceitos e necessários para que o British Shorthair seja feliz.

British Longhair

O British Longhair diferencia-se do British Shorthair apenas e unicamente pelo comprimento de sua pelagem, que pode variar de semi-longa à longa.

Essa variedade foi desenvolvida principalmente à introdução de outras raças como o Persa, para preservar a genética do British Shorthair, cuja população diminuiu drasticamente com os bombardeios durante as grandes Guerras Mundiais. Esses cruzamentos possibilitaram não somente a versão “pelo longo” do British, mas também a introdução de novas cores. Mesmo ainda sendo a cor mais apreciada, o azul não é a cor padrão dessa raça.

Durante muitos anos, o British de pelagem longa foi ignorado pelos criadores, que simplesmente não registravam os filhotes mais “peludinhos” que nasciam em seus gatis. Mas com sua popularização pela Europa (lá são até mais valorizados que os Shorthair), houve um grande movimento entre as principais entidades felinas para que fossem reconhecidos. Então no final de 2008, todas as federações, exceto a FIFE, passaram a reconhecer essa nova variedade como raça.

Fonte: Ana Cláudia Andrade

British Shorthair

Os gatos da raça British Shorthair ou Britânicos de Pelo Curto, têm sua origem nos gatos de rua ingleses e também nos gatos domésticos romanos. Durante o século 19, Harrison Weir (autor e escritor) começou selecionar os melhores exemplares para cruzamento, dando início então à maravilhosa raça de gatos, que costumam ter vida longa, em torno de 20 anos!

A cor azul (cinza), mais comum na Inglaterra no século passado, fez com que a raça também fosse conhecida como Britânico Azul (British Blue). Embora a cor azul seja geralmente mais associada à raça, existe um grande número e variações de cores de pelagem.

O Britânico é um gato resistente, saudável, robusto, compacto, com pernas curtas e fortes, cabeça e olhos redondos, rabo grosso na base e arredondado na ponta. Sua pelagem curta e densa faz lembrar um ursinho de pelúcia. Distingui-se das demais raças por sua lealdade ao dono. Tanto que um exemplar adulto pode levar anos para se acostumar em um novo lar. Outra grande qualidade é sua inteligência, que pode ser vista em sua treinabilidade: é o gato favorito de treinadores de animais e constantemente usado em filmes de Hollywood e comerciais para televisão, especialmente nos Estados Unidos.

Costuma se dar bem com outros animais da casa. Com crianças não poderia haver um companheiro mais dócil: as crianças adoram sentir sua pelagem e de brincar com ele. É um gato que está sempre alerta e brinca sem ser agressivo, agitado ou destrutivo.

Texto de Ana Maria Miragaya – Gatil Cat Place; Adaptado por Ana Cláudia Andrade – Gatil Legato.